Busca Rápida

História

Os primeiros habitantes da região foram os índios caimbés, da tribo dos Tupiniquins. Foi desbravado por colonos vindos de regiões circunvizinhas, sobretudo de Monte Santo e Tucano, que se fixaram com suas famílias e dedicaram-se à lavoura e à criação de gado, até hoje bases da economia municipal.

O povoamento se iniciou na Fazenda Cumbe do Major, de propriedade de Major Antonino, primeiro explorador das terras do município. Os padres jesuítas, em missão de catequese pelo sertão, construíram, no local da atual vila de Massacará, uma capela, ainda de pé, e um convento, destruído pelos próprios quando foram expulsos do Brasil.

Com a chegada de mais colonos, a fazenda Cumbe experimentou considerável surto de progresso, evidenciado em construções, sendo elevada em 1881 à Freguesia de Nossa Senhora do Cumbe, um distrito de Monte Santo. No ano de 1888 foi construída uma capela subordinada a de Massacará, sob a invocação de Nossa Senhora da Conceição, pelo padre Vicente Sabino dos Santos.

A fazenda foi elevada à categoria de vila no ano de 1898 como território desmembrado de Monte Santo. Em 1911 foi constituída do distrito-sede (município). Vinte anos depois, em 1931, Vila do Cumbe, ainda como distrito-sede, foi extinta e a sua área foi reanexada ao município de Monte Santo. Em 19 de setembro de 1933, o território foi emancipado, elevado novamente à categoria de município, constituído de dois distritos: Cumbe (a sede) e Canudos; e, por iniciativa do escritor José Aras, como homenagem ao escritor de "Os Sertões", a cidade passou a ser chamada de Euclides da Cunha, porém, este feito só foi oficializado no ano de 1938.

Em 1953 foi criado e anexado ao município o distrito de Massacará (ex-povoado). Na divisão territorial datada de 1960, a cidade tinha três distritos: Euclides da Cunha (sede), Canudos e Massacará. Em 1985, Canudos foi desmembrado de Euclides da Cunha e elevado a município. No mesmo ano foram criados e anexados os distritos de Caimbé e Aribicé, ex-povoados.

Na divisão territorial de 1995, igualmente na de 2007, o município tinha quatro distritos: Euclides da Cunha (sede), Aribicé, Caimbé e Massacará.


Notícias

sexta, 14 de agosto de 2020
Parceria entre Prefeitura, Embrapa e Sebrae vai beneficiar produtores de grãos do município

Buscando minimizar as perdas da cultura de feijão em Euclides da Cunha, a Secretaria da...

sexta, 14 de agosto de 2020
Após ações planejadas, cadeia leiteira de E. da Cunha vem crescendo e gerando novas oportunidades

O projeto de fortalecimento da caprinovinocultura em Euclides da Cunha segue cada vez mais forte....

sexta, 14 de agosto de 2020
COMUNICADO - SUSPENSÃO DAS POSTAGENS

Car@s internautas,Informamos que nossas redes sociais e site oficial vão dar uma breve pausa por...

sexta, 31 de julho de 2020
Academias da saúde reformadas e entregues aos moradores

A prefeitura já reformou e entregou para os moradores euclidenses as duas academias da saúde,...

quarta, 29 de julho de 2020
NOTA DE ESCLARECIMENTO: Atestado falso para Covid-19

NOTA DE ESCLARECIMENTOÉ com enorme preocupação que comunicamos que os testes apresentados em...

quarta, 29 de julho de 2020
Euclides da Cunha recebe ônibus escolar e veículo pequeno destinados por deputados

Euclides da Cunha recebeu nesta terça-feira, 28 de julho, um ônibus escolar rural (amarelinho) e...

Vídeos

O Serviço de Convivência está online para você dar uma sacudida nesse isolamento social. Se liga aí!

Informativo

Use Máscara contra a Covid-19

Cadastro de Auxílio aos trabalhadores do Setor Cultural.
Inscrições de Projetos Edital Aldir Blanc Período de 21/09 à 05/10/2020

Fotos